top of page
Buscar
  • VALERIA REZENDE DA SILVA

A escola e o bullying


Edward Dragan, autor do livro THE BULLY ACTION GUIDE, de 2011, tem uma opinião radical sobre a maneira que as escolas encaram e enfrentam o bullying. Para ele, não se pode contar com a escola para a solução de casos de bullying que ocorrem com seus alunos. Vejamos o que ele diz:

"As escolas são famosas por se isolarem do mundo externo. Com muito trabalho e pouco pessoal, os diretores geralmente não percebem problemas sociais como o bullying, mesmo quando acontece bem debaixo de seus narizes. Quando confrontados, os administradores tendem a concordar que é melhor deixar essas coisas embaixo do tapete. Muito frequentemente, as escolas se comportam como empresas privadas com medo de manchar sua imagem. Mas as escolas públicas (e todas as outras) são instituições com a obrigação de ser transparente em relação àqueles a quem servem - alunos, pais e a comunidade. Elas têm o dever de proteger as crianças e acabarem com o bullying. Elas são responsáveis por dar a cada criança uma oportunidade de aprender num clima livre de intimidação, assédio e bullying. Infelizmente, as escolas nem sempre preenchem esses requisitos." (p.43)

Você concorda com a opinião do autor? Ou acha que atualmente as escolas estão mais conscientes dos perigos do bullying e prontas a reagir contra ele?

72 visualizações0 comentário
bottom of page