top of page
Buscar
  • VALERIA REZENDE DA SILVA

Lei anti-bullying entra em vigor essa semana



Lei anti-bullying sancionada esse ano pela presidente Dilma entra em vigor essa semana.

Será mais uma lei para não ser cumprida?

As escolas se sentem preparadas para efetivamente combater o bullying?

Seus educadores estão amplamente conscientes do que é bulying, o que o diferencia dos outros atos agressivos na escola, das consequências que pode acarretar para seus personagens?

Não acredito que ações apenas pontuais (como palestras, redações, etc) sejam eficazes para combater o bullying. É apenas um primeiro passo.

Só se combate o bullying com o envolvimento de toda a comunidade escolar, pais, professores, alunos, funcionários. A ação é diária, em todos os lugares da escola.

É preciso haver uma boa formação dos professores para que saibam identificar casos de bullying.

O Regimento Escolar deve incluir um protocolo de como agir diante de um caso desses: a quem encaminhar, se os pais serão chamados, se haverá alguma sanção, se agressor e vítima serão acareados, etc.

Além dos estabelecimentos de ensino, a nova regra vale para clubes e agremiações recreativas. Esses, então, estão ainda mais despreparados.

Você pode obter mais detalhes sobre a lei em meu posto de 23 de novembro.

A participação de todos é fundamental para que a lei seja efetivamente cumprida!



69 visualizações0 comentário
bottom of page